5 livros para entender o governo de Donald Trump

Por Diogo Bercito

Parecia impossível a muitos que, em novembro de 2016, o republicano Donald Trump se elegesse à Presidência dos EUA. Mas ele não apenas chegou ao cargo quanto se manteve nele — sua eleição recentemente celebrou um ano. Nada impede que ele chegue a um segundo mandato, já que eleitores em uma região carvoeira visitados pela Folha prometeram votar mais uma vez nele.

O choque do dia seguinte à eleição, sentido por parte da população americana e também da global, deu espaço nestes meses a uma profusão de livros analisando a administração Trump e seu futuro. A questão chegou mesmo à ficção: a série de terror “American Horror Story” estreou uma temporada em torno desses eventos. A eleição de Trump desencadeia um pesadelo, na série.

O próprio Trump tuitou sobre esse fenômeno, dizendo: “É fascinante ver pessoas escrevendo livros e grandes artigos sobre mim, mas eles não sabem nada sobre mim e não têm nenhum acesso”.

Mas o que vocês, mundialíssimos leitores, podem ler para entender melhor este período contemporâneo da história americana? Este blog compila abaixo cinco sugestões:

1. “OUTONO AMERICANO”
Uma indicação do “El País”, o “Otoño Americano” está disponível em espanhol. O autor é Marc Bassets, correspondente nos EUA por uma década. Ele tenta explicar a eleição de Trump a partir de personagens americanos e do esvaecer da filosofia do “Yes We Can” do ex-presidente Obama.

2. “ESTRANHOS EM SUA PRÓPRIA TERRA
O “New York Times” recomenda, entre outros, o livro “Strangers In Their Own Land”. A obra de Arlie Russell Hochschild discorre sobre os simpatizantes do Tea Party na região de Louisiana. A socióloga analisa as reivindicações da direita sobre serem “estranhos” no próprio país: marginalizados por salários estagnados, mudanças demográficas e uma cultura liberal que ri deles.

3. “GUIA PARA SOBREVIVER A TRUMP”
O subtítulo deste livro, disponível em inglês, é bastante elucidativo: “tudo o que você precisa saber sobre viver o que você esperava que nunca acontecesse”. A obra de Gene Stone, publicada pela HarperCollins, pede que os leitores abandonem o desespero pós-eleições e se lancem à mobilização social — protegendo, por exemplo, o ambiente ou o sistema de saúde construído por Obama.

4. “FOGO E FÚRIA”
Este livro ainda não foi lançado, mas já tem causado algum bafafá. O jornal britânico “Guardian” afirmou em uma reportagem nesta semana que a obra oferecerá “uma visão de dentro de uma Casa Branca volátil”. O autor, Michael Wolff, conduziu 200 entrevistas com o presidente americano, seu time e pessoas ao redor do governo. A administração de Trump, segundo Wolff, é cercada de uma intriga “tão corrosiva e letal” que ameaça “paralisá-la”. O livro será publicado em janeiro.

5. “AMÉRICA DEBILITADA”
Para quem prefere ler em português, a sugestão deste Mundialíssimo blog é procurar a obra “América Debilitada”. O texto é assinado pelo próprio presidente americano, dando um testemunho mais direto de seu modo de pensar. Ele escreve: “Os políticos são diretamente responsáveis pela confusão em que nos encontramos. Assim, por que devemos continuar a ouvi-los? Chegou a hora de devolvermos a América a seus donos de direito – o povo americano”.