Mapa mostra que 50% da população mundial vive em 1% do território do planeta

Por Diogo Bercito

Quando vocês entram no ônibus de manhã, rumo à universidade ou ao trabalho, talvez tenham a impressão de que o mundo está insuportavelmente lotado. Então leem estudos prevendo que a população mundial ultrapassará 11 bilhões de habitantes em 2100 e podem pensar –mas há espaço para MAIS pessoas?

Sim, há. O crescimento é dramático por outras questões, incluindo a exaustão dos recursos naturais, mas não é um problema de falta de território. O site Metrocosm compilou recentemente o mapa acima, demonstrando que 50% da população mundial vive em apenas 1% do planeta.

Transporte público na Índia. Crédito Reuters

O mapa foi criado com dados da agência espacial americana NASA. A informação foi dividida em 28 milhões de quadradinhos de 23 quilômetros quadrados cada um. Os quadradinhos com mais de 8.000 pessoas foram pintados de amarelo. Aqueles com menos de 8.000 habitantes ficaram pretos.

Como resultado, o mundo foi dividido em duas partes iguais, uma amarela e outra preta –e é possível ver que 50% da população está concentrada em apenas 1% do território, em especial na região que inclui a Índia e a China.

Concentração de habitantes na região que inclui a Índia e a China. Crédito Metrocosm/Reprodução
Concentração de habitantes na região que inclui a Índia e a China. Crédito Metrocosm/Reprodução

O cenário no norte da África é dramaticamente distinto. Há uma imensidão de zonas escuras –e apenas uma extensa região amarela, seguindo o curso do rio Nilo. A cor corresponde, ali, ao Egito, o país árabe mais populoso. Ao Cairo, capital egípcia, cabe o recorde mundial de quadradinho com o maior número de pessoas –1 milhão de habitantes em apenas 23 quilômetros quadrados.

Agora imaginem que seu ônibus passa por ali.

População no norte da África. Crédito Metrocosm/Reprodução