Quanto tempo durava a viagem entre Londres e Rio em 1914?

Por Diogo Bercito
Mapa mostra duração de viagens em 1904, a partir de Londres. Clique para ampliar.
Mapa mostra duração de viagens em 1904, a partir de Londres. Clique para ampliar.

Hoje, bastam 11h30 de voo para ir do Rio até Londres. Mas, em 1914, quanto tempo durava essa mesma viagem? Segundo um mapa desenhado por um geógrafo britânico àquela época, seriam entre 10 e 20 dias de trajeto. A ilustração foi reproduzida pela revista “Intelligent Life” e comentada pelo jornal “Telegraph”.

O mapa, publicado no Reino Unido, estima a duração das viagens partindo de Londres. A elaboração foi feita a partir da técnica de “isocrono”, que estabelece linhas de mesma duração em um mapa. A viagem a toda a costa do Brasil levava, segundo a ilustração, entre 10 e 20 dias. Mas Montevidéu, um pouco ao sul, entrava na categoria de 20 a 30 dias.

A viagem dentro da Europa, incluindo o norte da África, podia ser feita em até 5 dias. Com o mesmo tempo de uma viagem ao Rio, era possível viajar até a Coreia. Os trechos mais longos incluíam o interior da América do Sul, da África e da Austrália, devido à falta de estrutura.

Esse mapa foi desenhado por John Bartholomew e publicado em um atlas, em 1914, compilando diversas outras informações úteis a um empreendedor –ou a um imperialista: diagramas de chuva, temperatura, topografia, e também onde encontrar borracha, algodão e arroz. Segundo a “Intelligent Life”, o livro incluía ainda mapas sobre as línguas comerciais, para quem quisesse fazer negócios na Indonésia, e sobre a distribuição de doenças climáticas, para quem precisasse incluir remédios na mala.

As linhas de distância mostram que a duração das viagens não dependia somente do quão longe estavam as cidades. O fator decisivo no mapa é a presença de ferrovias, que encurtavam os trajetos em algumas regiões, e não em outras. Por isso a enorme diferença entre esse e um outro importante mapa, criado em 1881 por Francis Galton. Àquela época, a viagem ao Rio durava entre 20 e 30 dias.

Péssima notícia para quem viaja com alguém que pergunta “falta muito?”

Mapa de Francis Galton, em 1881. Clique para ampliar.
Mapa de Francis Galton, em 1881. Clique para ampliar.