Como faço para ganhar um Nobel da Paz também?

Por Diogo Bercito
A partir da esquerda, Wided Bouchamaoui (Utica), Houcine Abbassi (UGTT), Abdessattar ben Moussa (Liga dos Direitos Humanos) e Mohamed Fadhel Mahmoud (Ordem dos Advogados), em foto de 2013
A partir da esquerda, Wided Bouchamaoui (Utica), Houcine Abbassi (UGTT), Abdessattar ben Moussa (Liga dos Direitos Humanos) e Mohamed Fadhel Mahmoud (Ordem dos Advogados), em foto de 2013

Na sequência do anúncio de que um quarteto tunisiano recebeu nesta sexta-feira (9) o Nobel da Paz, alguns de vocês devem estar se perguntando:  e eu? Posso receber também esse prêmio? #comofas?

A Folha publicou recentemente uma extensa descrição de como é feita a escolha. Em suma, nada complicado: basta que alguém envie uma carta ao comitê norueguês explicando por que razão você merece o prêmio de R$ 3,6 milhões.

O Nobel da Paz é entregue, em linhas gerais, a quem “fez mais ou melhor pela fraternidade entre as nações, pela abolição ou redução dos Exércitos e pela promoção da paz”.

X

Se você acha que se encaixa nessa descrição, o “Guardian” compilou algumas sugestões para sua candidatura. Este Mundialíssimo blog reproduz três delas abaixo. Vale ler também uma reportagem publicada pelo “Washington Post” sobre a diversificação geográfica do prêmio.

Para ganhar o Nobel da Paz…

1. SEJA HOMEM
87 homens já venceram o Nobel da Paz, desde sua criação. 22 organizações também receberam o troféu. Mas apenas 16 mulheres. E pior: entre todas as categorias de prêmio Nobel, o da Paz é aquele que mais inclui mulheres.

2. SEJA RELIGIOSO
Essa é uma categoria que constantemente leva o troféu para casa. Mas se prepare para um caminho sofrido. Madre Teresa vivia entre leprosos em Calcutá. Desmond Tutu foi ameaçado de morte por suas declarações.

3. SEJA AMERICANO
A maior parte dos vencedores do Nobel da Paz eram americanos. Especificamente, 17 deles –contra 11 britânicos, nove franceses, cinco alemães e cinco suecos. Na África e na América do Sul, o prêmio ainda é raro, o que pode jogar contra a sua candidatura.