Fotógrafos de Instagram registram dia a dia no Irã

Por Diogo Bercito
Fazendeiros improvisam um pau de selfie, no Irã. Crédito @Salarpolad
Fazendeiros improvisam um pau de selfie, no Irã. Crédito @Salarpolad

Seguem em rumo as campanhas e negociações em torno do programa nuclear iraniano. Barack Obama, presidente dos EUA, discursa nesta quarta-feira (5) na Universidade Americana em Washington para explicar os detalhes do acordo recentemente firmado. No meio-tempo, com a perspectiva do fim das sanções comerciais, parece haver uma corrida por informações a respeito desse país: como, afinal, vivem os iranianos?

Meu colega Samy Adghirni, que foi correspondente da Folha em Teerã, escreveu sobre o tema no livro “Os Iranianos”. Nessa mesma linha, o jornal britânico “Guardian” tem uma excelente sugestão: acompanhar alguns perfis de Instagram –rede social de fotografias– produzidos naquele país.

Vejam abaixo três sugestões, a partir da lista do “Guardian”:

@SALARPOLAD
Registros da vida rural no noroeste do Irã feitas por um pastor chamado Mohammad.

O desespero de uma ameixa verde, no interior do Irã. Crédito @Salarpolad
O desespero de uma ameixa verde, no interior do Irã. Crédito @Salarpolad

@SHARIFAEE
Imagens da região de Tabriz, no noroeste do Irã.

Ciclista em Tabriz. Crédito @Sharifaee
Ciclista em Tabriz. Crédito @Sharifaee

@BAHAMORSHEDI
Imagens de antigas portas, paredes e janelas no Irã.

Pomba em uma janela, no Irã. Crédito @bahamorshedi
Pomba em uma janela, no Irã. Crédito @bahamorshedi