Um coala fofo foi a estrela do G20

Por Diogo Bercito
Dilma Rousseff, presidente do Brasil, o premiê australiano e um coala feliz. Crédito Andrew Taylor/G20 Australia
Dilma Rousseff, presidente do Brasil, o premiê australiano e um coala feliz. Crédito Andrew Taylor/G20 Australia

O jornal britânico “Guardian” foi mais rápido do que este Mundialíssimo blog e escolheu antes o título ideal para o post –“Diplomacia de Coala no G20” (clique aqui para ler). Mas, pensando nos leitores que ainda não viram estas imagens, decidi reproduzi-las também aqui para garantir que elas não sejam perdidas no turbilhão de informação diária.

Depois de termos nos perguntado há alguns dias sobre para que serve o G20, os líderes que representaram o mundo nessa reunião interromperam sua agenda para abraçar um dos animais-símbolo da Austrália. As fotos logo ganharam as galerias de jornais internacionais. O “Business Insider”, por exemplo, disse que as imagens eram “gloriosas” (clique aqui). Para a “Bloomberg”, foram os coalas que abraçaram os políticos, e não o inverso (clique aqui). O “Washington Post” falou em reunião bilateral Obama-coala (clique aqui).

Descontroles midiáticos à parte, um dos animaizinhos, chamado Jimbelung, terá também o seu papel diplomático entre tantas reuniões e discussões econômicas durante o G20. De acordo com o “Washington Post”, ele será enviado ao Japão como um presente. Talvez assim se possa voltar a debater os resultados da reunião de líderes na Austrália –incluindo as metas de crescimento global e de injeção de capital em fundos ambientais. Mas deixo essa tarefa ao colunista Clóvis Rossi, que resumiu o impacto do G20 em um texto publicado nesta terça-feira (clique aqui).

A chanceler alemã Angela Merkel não tão amigada com o coala. Crédito Crédito Andrew Taylor/G20 Australia
A chanceler alemã Angela Merkel não tão amigada com o coala
Barack Obama, presidente dos EUA, o premiê Abbot e a música de Milton Nascimento que diz "toda maneira de amor vale a pena"
Barack Obama, presidente dos EUA, o premiê Abbot e a música de Milton Nascimento que diz “qualquer maneira de amor vale a pena”
Para quem já abraçou tigres e ursos polares, o líder russo Vladimir Putin está bem à vontade. Crédito
O coala abraçado pelo líder russo Vladimir Putin deve conhecer a fama dele, a julgar pelo olhar de pavor
A sul-coreana Park Geun-hye. Mãos se aproximam do pescoço do bicho
A sul-coreana Park Geun-hye. Mãos se aproximam do pescoço do bicho