Quem matou Osama bin Laden?

Por Diogo Bercito

Antes de mais nada, a resposta à pergunta do título deste post é, em resumo: provavelmente nunca vamos saber com certeza.

Niilismos à parte, o assunto voltou à tona na quinta-feira passada (7) com a declaração de um militar americano de que ele teria sido o autor do disparo que matou o terrorista Osama bin Laden, líder da Al Qaeda e mentor do atentado que derrubou as Torres Gêmeas em 11 de setembro de 2001. O correspondente da Folha em Washington, Raul Juste Lores, escreveu sobre a revelação (clique aqui para ler).

Calma. Bin Laden morreu?
Teorias da conspiração à parte, sim. Ele foi morto durante uma operação americana no Paquistão, em 2011, dez anos depois do atentado que lhe deu a fama. Em seguida, de acordo com o governo americano, seu corpo foi jogado ao mar. Nunca foram divulgadas as tais fotografias tão esperadas que pudessem provar a ação, mas há pouca dúvida de que Bin Laden não esteja mais vivo.

Onde ele estava?
Em uma casa em Abbottabad, no Paquistão, não muito longe da Academia Militar do Paquistão. Era uma construção quase sem janelas e cercada por muros excepcionalmente altos, o que levou, à época, a perguntas do tipo –como a a comunidade e as autoridades locais não desconfiaram?

Ele estava lá o tempo todo?
Não. Ao que parece, Bin Laden viveu também em cavernas entre Islamabad e Abbottabad.

Quem é o cara que está dizendo que matou Bin Laden?
Robert O’Neill, 38, veterano das guerras do Afeganistão e do Iraque e membro de uma unidade especial da Marinha americana chamada Seals. Ele disse, em entrevista ao jornal americano “Washington Post” (clique aqui para ler todos os detalhes), ter dado dois tiros na testa de Bin Laden.

Ele é a primeira pessoa a dizer isso?
A operação foi narrada anteriormente no best-selles de outro envolvido na morte de Bin Laden, Matt Bissonnette, sob o pseudônimo Mark Owen. Segundo Bissonnette, o autor do disparo foi um terceiro militar, e não O’Neill. Nenhuma das versões pode ser confirmada, já que não há registros do ataque. De toda maneira, colegas de Bissonnette e de O’Neill criticam esse tipo de divulgação, que afirmam prejudicar uma unidade vista como profissional e silenciosa.

Por que o Exército não diz logo quem foi?
Não é exatamente seguro, já que membros da Al Qaeda podem buscar algum tipo de vingança. Mas, além disso, o trabalho de uma operação como a que matou Bin Laden é visto como um longo esforço coletivo envolvendo diversas agências de segurança. Assim, a ida de um ou de outro membro à imprensa para se gabar de seu papel no resultado não é bem vista no meio.

E quem são esses tais Seals?
É uma unidade especial da Marinha criada em 1962, com passagens no Panamá, no Afeganistão e no Iraque. Veja abaixo como funciona o treinamento desses membros de elite.